Riddle of the Great Beings

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Riddle of the Great Beings

Mensagem por Xoninhas em Ter Jan 20, 2009 1:08 am

Relembrando a primeira mensagem :

Andava a vasculhar umas páginas acerca de Bionicle na Wikipedia, e quando fui ao artigo principal, rolei até uma secção que diz Extra Stories, e entre os Story Serials de 2009, encontrei lá para além daqueles que já sabemos (Empire of the Skrall e Reign Of Darkness) encontrei um que dizia "Riddle of the Great Beings". Apesar de ainda não ter aparecido no Bioniclestory.com, já lá se encontra o seu nome, vejam por vocês: http://en.wikipedia.org/wiki/Bionicle. Rolem até quase ao final, e antes de Controversy, aparece uma secção "Extra Stories", vejam nas Story Serials de 2009, éstá lá.
Pelo nome, suponho que esse Story Serial descreva ou a criação de Mata Nui, ou se calhar o que aconteceu quando se sucedeu o Great Shattering. Se não é um desses então não sei... Vamos esperar para ver.

Xoninhas
Honra
Honra

Masculino

Idade : 21
Mensagens : 1893
Widgets : 214
Reputação : 0


Ver perfil do usuário http://mln.lego.com/en-us/Publicview/xoninhas11.aspx

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Lumix em Qui Ago 20, 2009 9:40 pm

Alguem podia traduzir a história, é que, como já disse, não sou muito bom a perceber textos grandes em inglês Embarassed

Lumix
Lider
Lider

Mensagens : 2113

Ver perfil do usuário http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Lumix em Dom Ago 30, 2009 10:05 pm

Desculpem o double post mas já passou mais de 24 horas Smile
Eu traduzi o primeiro capitulo, podem ver se está bem, acho que tem falhas Embarassed :
Tarduk coçou o suor dos seus olhos. Era momentos como este que ele não desejava, ter que trabalhar em pleno capacete e armadura. Mas mesmo aqui, tão perto da cidade livre de Atero, era um pouco perigoso estar no deserto, desprotegidos, entregues a si próprios. A tarefa aqui era, juntamente com Agori de várias aldeias, Kyry, Crotesius, Scodonius e Kirbold, ele estava em Atero para ajudar a preparar o cenário para os próximos torneios. Mesmo com cuidado durante todo o ano, há sempre necessidade de fazer pequenas reparações antes dos Glatorian virem para aqui para o torneio.

Evidentemente, Tarduk não trabalhou durante muito tempo, quando havia ruínas não muito longe que ele poderia explorar. Fazendo um pretexto de obter alguns materiais para o seu vagão, ele escapou para fora da cidade e encontrou um provável local para cavar. Foi um trabalho árduo, e quente. Ele poderia ter usado um ajudante, mas não era assegurado. Kyry era muito dedicado ao trabalho em Atero, Kirbold só queria voltar para Iconox, Scodonius foi uma espécie de naturalista, e Crotesius, ele mal sabia.

-Não - ele decidiu – foi melhor eu ter vindo sozinho.
A sua ferramenta tocou em alguma coisa, enterrado a cerca de um metro abaixo na areia. Ele achou que era um quadrado de metal, cerca de duas vezes o tamanho da sua mão e, obviamente, parte de algo maior. Inscrito lá estava um círculo com um muito menor no interior e na parte inferior do mesmo. Tarduk torceu a cara. Ele já tinha encontrado antes coisas como esta, com símbolos semelhantes. Ele não tinha ideia do que significava, e nem ninguém, tanto quanto ele sabia. Se fosse uma língua – como é falado e por quem? Foi frustrante, porque não tinha encontrado amostras suficientes para sequer começar a tentar decifrar os símbolos.

Ele virou o pedaço de metal, esperando que haveria outro símbolo nas costas. Em vez disso, ele encontrou algo muito diferente. Um mapa tinha sido riscado no metal. Alguns dos locais ele reconheceu, alguns não. Na parte inferior do mapa viu uma cadeia montanhosa que parecia as Black Spike Montains. As características tiradas logo abaixo das montanhas pareciam familiares. A maior parte do mapa foi a zona norte das montanhas, porém, uma região que ele não estava familiarizado. Todos sabiam que realmente os Skrall vieram de lá. No topo do mapa, havia mais dois símbolos, mas um pouco diferentes dos que ele tinha encontrado antes. Um deles era apenas uma malha de linhas interligadas olhando quase como um líquido ou uma teia. O outro era uma estrela. O que fez a última interessante era que era o único símbolo que era colorido. A estrela era vermelha.

“A estrela vermelha”, Tarduk pensou, “Quem ouviu falar de uma coisa dessas?” Foi certamente fascinante, mas impossível de investigar, pelo menos por si próprio. Ao viajar para noroeste, ele poderia passar as Black Spike Montains e atingir o norte da região, mas o mapa indica rápidos e outros perigos naturais ao longo do caminho. Indo até lá sem auxílio seria perigoso, e não iria contratar algum Glatorian para o acompanhar, perto do torneio.

-Eh!

Tarduk virou-se. Crotesius estava a dirigir-se a ele, parecendo um pouco irritado.

-Tu vieste para ajudar, ou para brincar na areia? O que é que tu tens ai?

Tarduk revelou ao Agori de Vulcanus o que ele tinha encontrado. Crotesius não o incomodou - apenas olhou para ambos os lados e, em seguida, encolheu os ombros.

-Então o quê? É um pedaço de lixo. Talvez possas pô-lo no teu vagão, mas diferente do que...

Que um Vorox... Tarduk murmurou para si mesmo. Em voz alta, ele disse:
-Estás provavelmente certo. Quer dizer, uma estrela vermelha - O quê? Afinal, todos sabem que não há nada de valioso nisso. Não há tesouros escondidos, nenhuma cidade, nem Pedras de Água, nada.

Isto, obviamente, foi uma tremenda mentira, e Tarduk sabia que Crotesius nunca iria acreditar. Na verdade, ele estava a contar com isso. Os rumores voam mais rápido do que grãos de areia numa tempestade de areia por isso negou que ia para Norte. Em Iconox, as montanhas eram cobertas com o valioso Exsidian. Em Vulcanus, havia vales inteiros de Pedras de Água, essas rochas valiosas que poderiam ser divididas para revelar água pura dentro delas. Quanto a Tajun, bem, eles foram muito imaginativos, e os Agori de Tesara não queriam mesmo falar sobre isso.

Agora Crotesius chegou para tomar o pedaço de metal e ter um olhar mais atento.
-Sabes, se quiseres, eu poderia aproveitar esta... hum... sucata, talvez gostarias de ma vender?

Mais tarde, Tarduk seria incapaz de explicar porque é que ele disse o que ele fez. Talvez depois de anos de escavações na areia e de encontrar peças de um puzzle, mas não há maneira de resolvê-lo, ele tinha só o suficiente. Se ele não tivesse uma oportunidade, ele nunca iria encontrar nenhuma resposta.

-Claro, eu vou te vender - disse ele - podes ter o pedaço de metal... se ires comigo para encontrar essa estrela vermelha, seja verdade ou não.

-Ir lá cima? Estás louco? – disse Crotesius.

-Esta é a oferta - disse Tarduk com firmeza - Temos tempo suficiente antes de o torneio começar, é chegar lá e voltar - ele realmente não estava certo de que era verdade, mas não ia dizer a Crotesius - Pensa nisso - ele prosseguiu - E se houver algo muito valioso lá, algo que muda a vida de todos, em Bara Magna? Iremos - Quero dizer, tu vais ser um herói.

Crotesius sorriu. Como um piloto na arena, ele era apenas mais um lutador Agori num mundo dominado por Glatorian. Mas se ele fizer algo realmente grande, bem, Raanu não iria viver para sempre, talvez ele poderia ter Vulcanus algum dia.

-Ok Tarduk - disse Crotesius - Eu acho que tu podes juntar-te à minha expedição, mas vamos precisar de mais ajuda. Vê se podes recrutar mais alguns Agori, sem dizer-lhes sobre a estrela. E nós partimos de madrugada.

Tarduk foi, com um sorriso espalhando por toda a sua cara. Claro, ele não havia sido totalmente honesto, mas às vezes tem que se tomar atalhos na busca do conhecimento, certo? O pequeno Tarduk fez saber que o atalho estava prestes a levá-lo directo para um pesadelo.

Lumix
Lider
Lider

Masculino

Idade : 20
Mensagens : 2113
Widgets : 2232
Reputação : 11


Ver perfil do usuário http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Ackar665 em Dom Ago 30, 2009 10:43 pm

Olhem como disse isso do simbolo que o tarduk encontrou ;quadrado de metal, cerca de duas vezes o tamanho da sua mão e, obviamente, parte de algo maior. Inscrito lá estava um círculo com um muito menor no interior e na parte inferior do mesmo.;Isso era porque eu dizia que aquele simbolo atras dos legends era a maze dos ridlee of the great beings:D .

Ackar665
Agori
Agori

Masculino

Idade : 19
Mensagens : 171
Widgets : 260
Reputação : 1


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Lumix em Dom Ago 30, 2009 10:58 pm

Ah ok

Lumix
Lider
Lider

Masculino

Idade : 20
Mensagens : 2113
Widgets : 2232
Reputação : 11


Ver perfil do usuário http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por zaktan em Dom Ago 30, 2009 11:32 pm

Muito bom! Eu traduzi o 6°capítulo e é muito bom! Eu gostei tanto quanto o empire of the skrall!(foram esses dois que eu li)


Última edição por zaktan em Seg Ago 31, 2009 2:23 am, editado 1 vez(es)

zaktan
Glatorian Principal
Glatorian Principal

Mensagens : 925
Widgets : 1053
Reputação : 5


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Lumix em Seg Ago 31, 2009 1:51 am

Eu estou a traduzir os outros capitulos, querem que eu poste aqui Question
Zaktan, traduziste o 7º capitulo, podes postalo aqui Smile

Lumix
Lider
Lider

Masculino

Idade : 20
Mensagens : 2113
Widgets : 2232
Reputação : 11


Ver perfil do usuário http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por zaktan em Seg Ago 31, 2009 2:21 am

Lumix escreveu:Eu estou a traduzir os outros capitulos, querem que eu poste aqui Question
Zaktan, traduziste o 7º capitulo, podes postalo aqui Smile
Postarei e verei a tradução de todos os detalhes sabes como é? Smile

zaktan
Glatorian Principal
Glatorian Principal

Mensagens : 925
Widgets : 1053
Reputação : 5


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por zaktan em Seg Ago 31, 2009 2:38 am

Desculpe o double post mas traduzi o 6°capítulo(último)
Antes que pudesse reagir, Crotesius e Tarduk tinha sido arrancado de sua Sand Stalker. A floresta em torno deles havia chegado à vida, ramos chegando a agarrá-los, e vinha atar-se ao redor dos dois Agori. Em questão de instantes, eles foram amarrados a árvores. Crotesius olhou ao redor, os guerreiros incontáveis cujos corpos se fundiu com a madeira da floresta, e se perguntou se isso seria o seu destino, também.

"Eu tenho uma faca pequena eu uso no meu cavar", disse Tarduk. "Talvez eu possa cortar a vinha e se libertar." Com algum esforço, Tarduk passo suas mãos sobre a lâmina, e cortado profundamente em uma das vinhas. A planta reagiu de imediato, envolvendo um de seus tentáculos em volta do pescoço e espremer até que ele estava certo de que ele teria apagão. Não foi até que ele deixou cair a faca que a pressão diminuiu. "Eu acho que eles não querem nos deixar", disse ele.
Não muito longe, um mini-ciclone de folhas batidas no ar. Mais e mais matéria vegetal foi elaborado em sua esteira até um segmento inteiro da clareira estava cheia de folhas, cipós e ramos, girando furiosamente nas garras de um tornado. Então surgiu um ser de fora da tempestade em si.
À primeira vista, Tarduk pensou que ele poderia ter sido feito de plantas. Ele era alto e verde, com espinhos salientes em seus braços e pernas e raízes entrelaçadas cruzam seu peito. Seus olhos eram uma esmeralda tão escura que estava quase pretos. Seus braços eram longos, com vinhas espesso envolto em torno deles, e os espinhos mais serviu como suas garras. Mesmo sua espada parecia que era uma coisa verde e crescente, apesar de afiadas e mortais.
Foi só quando ele tomou um olhar mais atento que Tarduk começou a ter dúvidas. Talvez este seja era uma criatura planta viva, ou talvez fosse simplesmente armadura que o fez parecer que maneira. Independentemente disso, Tarduk não tinha dúvidas de quem era: o Senhor Elemento de Selva, mestre do Verde.
O recém-chegado olhou Tarduk, então p Crotesius, então ele deu um leve encolher de ombros, o que soou como o estalar sob os pés dos galhos. "Você não sabe o caminho", disse o Senhor Elemento. "Vocês não têm qualquer utilidade para mim."
Tarduk ia perguntar exatamente o que ele estava falando, mas Crotesius falou primeiro. "Como você sabe que nós não sabemos o caminho? Porque você acha que estamos aqui?"
O que você está fazendo? Tarduk pensou.
O Senhor Elemento caminhou até Crotesius e raspados e um prego espinhoso através do capacete do Agori. "Você é fogo", disse ele. "Fogo só sabe destruir. Tenho visto Fogo tentar penetrar no labirinto e falha vez após vez". Ele virou-se para Tarduk. "Você veio aqui por acaso, mas você é do Verde, Agori, por isso vou deixar você ir. Seu companheiro deve permanecer, no entanto, e juntar a minha floresta de Lâminas".
"Lembro-me de você", disse Tarduk. "Antes da guerra, você levou o meu povo. Você fez as coisas crescerem. Você trouxe vida. Como você pode apenas matar, como se isso não significa nada?"
As vinhas abruptamente libertaram Tarduk, e ele caiu no chão da floresta. Quando ele olhou para cima, os olhos do Senhor Elemento estavam em chamas contra ele. "Você já foi à floresta profunda, Agori?" ele perguntou. "Há criaturas vivem em perpétua escuridão, porque o teto da floresta é muito grosso para permitir a passagem de luz solar. Vinhas estrangular as árvores, leeching a vida deles para que eles possam tomar seu lugar e capturar qualquer luz que possam encontrar. Toda vida lucram coisas da morte do outro. "
Tarduk avistou um brilho tênuo de luz à distância, além do Senhor Elemento. Ele não sabia o que era, mas se havia alguma chance era ajudar no caminho, ele tinha que continuar falando. "O que que você poderia fazer isso?" ele perguntou.
"Quando eu era um guerreiro, como as realizadas aqui", respondeu o Senhor Elemento. "Então eu e cinco dos meus irmãos foram escolhidos pelos Grandes Seres a honra de liderar as aldeias de Bara Magna. Estávamos alterados pelo seu poder, fez um com os nossos elementos, e dado armaduras e armas para defender o nosso povo. Fomos não mais como Agori, ou qualquer outra pessoa. Nós nos tornamos a própria natureza, como benevolente, dando, implacável, e indiferente quanto isso pode significar. We-"Os olhos do Senhor Elemento de repente passou de largura.
Ele soltou um grito áspero e girou em torno de raiva. Atrás dele, Kirbold tinha aparecido, carregando uma tocha. Ele tinha acendido a vinha que tinha ligado Crotesius no fogo, e os Agori estava livre novamente. Mas o Senhor Elemento sentiu a dor de suas criações, e de repente Tarduk duvidava muito nenhum dos três moradores faria sair daqui vivo.
"A tocha!" Tarduk gritou. "Jogue a tocha!"
Kirbold atirou o pau em chamas. Ele pousou aos pés do Senhor Elemento, entre as folhas. Amarelo laranja-fogo entrou em erupção, alimenta-se de matéria vegetal ao redor. Em segundo elemento do Senhor foi cercado por um incêndio queimando fora de controle.
"Corra!" gritou Crotesius.
Os três Agori decolou tão rápido quanto puderam, esquivando-se árvores e saltando sobre rochas. Apenas Tarduk olhou para trás. O Senhor Elemento tinha ido embora. Nem morto, ele estava certo, simplesmente desapareceu de volta para a floresta. Possivelmente ele foi ferido, mas o mais provável era o empacotamento seu poder de parar o fogo antes que consumiu a madeira.
Tarduk viu árvores e pincéis e queimar videiras, tudo para que ele e seus dois amigos poderiam escapar, e ele perguntou sobre as palavras do Senhor Elemento: que todos os seres vivos lucram coisas da morte do outro.
Aquelas palavras que ecoam em mente Tarduk por um tempo muito longo para vir.

zaktan
Glatorian Principal
Glatorian Principal

Mensagens : 925
Widgets : 1053
Reputação : 5


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Lumix em Seg Ago 31, 2009 2:42 am

Obrigado por já traduzires o 6º Very Happy

Lumix
Lider
Lider

Masculino

Idade : 20
Mensagens : 2113
Widgets : 2232
Reputação : 11


Ver perfil do usuário http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Guiler em Qui Set 24, 2009 9:16 pm

O sétimo capítulo está disponível:
http://biosector01.com/wiki/index.php/RotGB#Chapter_7

_________________________________________


MOCS

Guiler
Admin
Admin

Masculino

Idade : 22
Mensagens : 6343
Widgets : 1740
Reputação : 7


Ver perfil do usuário http://guiler-717.deviantart.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Convidad em Qui Set 24, 2009 9:36 pm

nao ta mau nem bom...ta mais ou menos como os outros...nada de especial execepto uma ou outra coisa...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Riddle of the Great Beings

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:33 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum